sábado, 8 de maio de 2010

SAUDADE

o tempo passa...


as coisas?


_mudam,cegam,surdam...


a gente passa...


...mas nem tudo ...

13 comentários:

  1. Una composicion realista y con gran sentido. Un abrazo!

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito, Ju!
    Você tá ficando bom nisso!! rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que não se segurou =)
    Adoro seus comentários.

    Beijos, obrigada!

    ResponderExcluir
  4. Trabalho nos intervalos _ os "entre", "intras". São fascinantes. Gosto do teu blog,

    um abr,

    Eliane

    ResponderExcluir
  5. "...mas nem tudo..."

    Ô, Ju!!!!!!

    Saudade é um sentimento confuso. :(
    Tem coisas que ficam, não tem jeito.
    Se é bom ou ruim, eu não sei.

    Só sei que existem coisas que preservo, que mantenho em mim, mesmo quando a realidade me diz que o tempo passou e tudo mudou.

    Beijão, meu amigo. =)

    ResponderExcluir
  6. Vai existir um retalho de alguma coisa: a cor, o riso, o cheiro, o toque...pessoas/coisas.
    *...mas nem tudo ...*significa também, que não houve permissão para entrar ou sair.

    ResponderExcluir
  7. nem tudo passa...
    nem mesmo a saudade de si =o(

    Se a chama do Sol
    for muito
    muito grande então
    se chama
    Solidão !

    ResponderExcluir
  8. mas nem tudo? é, mas nem tudo...

    ResponderExcluir
  9. Sim...
    Nem tudo passa.
    As vzs FICA amarrotado msmo, e...
    tdo bem!

    bj
    Adorei a visita!
    =)

    ResponderExcluir

"Respeitar o trabalho do outro consiste justamente em submetê-lo à crítica mais rigorosa" (José Borges Neto)