quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Devoção

____
O suprassumo da poesia é colocar o palavrão na boca das moças rezadeiras.



"Quero teu corpo
Espalhado no meu
Devassa
Sem brinco, argola,
Anel ou camafeu
Nada no leito de Orfeu
Só na vitrola"

____________
Música: Maurício Tapajós/ Paulo César Pinheiro

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Pra não dizer que não falei das putas...

..."e me tranquei no camarim ,tomei um calmante ,o excitante e um bocado de gim"...


Ah mar,
foi o Amor que o inventou?

Delineia as costas nuas
_________________[da América menina...
sob suas veias abertas escrevo...

Amor é coisa difícil de ver-ba-li-zar
É como tentar uns versos
Depois de muito “prosear”

Sinceramente, eu só sei mentir
_______________[Eis minha condição de poeta,
________________marceneiro da palavra,
o ser que simula o verbo sentir.

Acaso minto casualmente?

Em nome da nossa predileção pelo mar,
Te peço: não peças
para que eu seja
____________[o poeta do amor,
das coisas afáveis.

Sou o poeta das putas
- porque é preciso haver poesia
entre os abrires e fechares de pernas,
porque é preciso haver metalinguagem
para que as coisas não se tornem meras
__________________[vul ga ri da des ...
.
.
.
.
Desenho cedido por Leafar Douglas.